Você usa o Instagram para viagens? Talvez você não saiba, mas o seu perfil pode ser um excelente chamariz para fortalecer a sua estratégia de marketing digital. É claro que, para um blog que foca destinos turísticos, é necessário oferecer um feed atrativo, com imagens bonitas e organizadas. Caso contrário, o resultado pode ser o contrário do esperado.

A ideia é ter criatividade e compartilhar conteúdos que agregam valor. As fotos surgem como um complemento, que ajuda a dar visibilidade ao perfil e torná-lo mais interessante para o usuário que chega até ele.

Com isso, sua reputação é fortalecida e as pessoas vão procurar o seu perfil na hora de obter informações. Então, que tal conferir como tirar fotos melhores? Veja as 7 dicas que apresentamos a seguir.

1. Deixe a lente do celular sempre limpa

Parece uma dica desnecessária? Acredite, não é. Muitas pessoas tiram fotos piores do que esperavam devido à pouca limpeza da lente. Isso rende imagens borradas e manchadas, que prejudicam o resultado final da composição.

Para limpar a lente, use um tecido macio, como os de microfibra, ou um kit de limpeza específico. Em últimos casos, use a camiseta mesmo. Mas é melhor um pano apropriado, ok?

2. Explore os recursos da câmera

Conheça o equipamento que usa. Essa é a melhor forma de fazer um bom aproveitamento das funcionalidades e de obter boas fotos para o seu perfil de viagens do Instagram. Veja quais são as configurações de foco e exposição, os filtros disponíveis, os modos de profundidade de campo etc.

Faça diferentes ajustes para chegar ao melhor resultado. Ainda assim, lembre-se de contar com um smartphone com boa câmera. Isso ajuda a trazer credibilidade, porque a imagem se torna mais convidativa e nítida. 

Dica extra: evite a câmera frontal, porque a traseira tem qualidade superior.

3. Cuide da iluminação

A luz natural é a preferência de muitos fotógrafos, mas você também pode contar com outros recursos para melhorar a iluminação. Se optar pela primeira alternativa, saiba que os horários mais recomendados são a manhã e o começo da tarde.

Em outros momentos, você pode aproveitar outras funcionalidades do celular. Evite usar o flash, porque ele reflete sombras. Como lidar com esse problema? Pelo ISO e pelo obturador.

O primeiro controla a entrada de luz. Portanto, a regra é: quanto menor for o ISO, menos luz vai entrar. Por isso, a imagem pode ficar escura. Se abrir muito, a foto ficará nítida, mas pode ficar granulada. O equilíbrio vai depender do contexto — por isso, é preciso fazer testes.

O segundo tem uma velocidade, que determina o tempo que ficará aberto para a luz. Se for muito alta, vai captar menos luz e vice-versa.

Tenha em mente que a iluminação pode salvar a foto e, se estiver muito ruim, nem sempre trará o resultado esperado, ainda que sejam utilizados serviços de edição. Além disso, saiba brincar com o jogo de sombras. Ele pode valorizar a sua imagem.

4. Trabalhe a composição

Colocar os elementos certos na imagem pode valorizar ou acabar com a sua foto. Existem várias formas de fazer a composição, mas a mais conhecida é a regra dos terços. Ela prevê a divisão em 3 partes, tanto na vertical quanto na horizontal. Com isso, são criados 9 quadros e 4 pontos de interseção.

Estes últimos são os aspectos que mais atraem os olhos — por isso, o objeto principal deve estar concentrado ali. O único cuidado é evitar a confusão. Por isso, evite ter muitos objetos na imagem, que vão tirar a atenção do principal.

No Instagram para viagens, aliás, essa é uma dica que vale ouro. Como muitos destinos turísticos são coloridos, é preciso ter cuidado para evitar que um objeto se sobreponha a outro.

5. Conte com a ajuda da edição

Por mais que sua foto esteja bonita, vale a pena verificar se é possível melhorá-la com a ajuda da edição. Em alguns casos, basta atentar ao contraste e à exposição. Em outros, é preciso trabalhar mais a imagem.

Aproveite para trabalhar a identidade do seu Instagram de viagens e torne o perfil mais atrativo. A edição pode ser feita pelo celular ou pelo computador. Alguns exemplos de apps que facilitam esse trabalho são:

6. Use o carrossel de fotos

Uma das formas de organizar o feed é com o carrossel. Esse recurso permite publicar até 10 fotos ou vídeos em uma publicação única. Nesse caso, seu perfil do Instagram para viagens fica mais atrativo para os usuários.

A ideia é evitar que suas postagens sejam excessivas. Assim, você reúne as melhores imagens de determinado destino turístico, por exemplo, e monta uma sequência de fotos. Você também pode fazer isso de forma temática.

É o caso de querer publicar imagens dos principais parques em 10 cidades do Brasil, por exemplo. A dica, aqui, é apenas criar alguma linearidade para manter a publicação original.

7. Faça Stories

O Stories está disponível em todos os perfis do Instagram, para viagens ou não. Você pode postar fotos e complementar com vídeos, que podem ser visualizados apenas por 24 horas. Aqui, o conteúdo pode ser mais espontâneo, porque tem o propósito de aproximar a marca dos seguidores.

Você pode mostrar algo mais informal, apresentar os bastidores de uma viagem, algo engraçado que tenha acontecido, dar um tutorial etc. Seja original para chamar ainda mais a atenção dos seguidores.

Como ficou claro, existem várias dicas que ajudam a fotografar melhor e trazer um atrativo a mais no seu Instagram para viagens. Basta saber usar os recursos da melhor forma possível e contar com uma ferramenta que ajude a organizar todas essas publicações para atingir melhores resultados.É o que você vai conseguir com o Bume. Conheça a plataforma completa para gestão, agendamento e vendas, e veja seus conteúdos mais organizados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *